ESTUDO DE AUTODEPURAÇÃO EM CORPOS HÍDRICOS
Sistema de Gestão Ambiental (SGA)
Janeiro 20, 2017
Estudo de impacto de vizinhança Hotel Formule I
Março 17, 2017

AUTODEPURAÇÃO EM CORPOS HÍDRICOS ETE SÃO FRANCISCO DO SUL

A proteção dos recursos hídricos envolve o monitoramento e a avaliação de sua qualidade ao longo dos rios, estabelecendo metas e controlando as descargas de poluentes, de forma que em nível aceitável de qualidade da água seja mantido. A compreensão da autodepuração dos corpos d’ água constitui em elemento básico para a adoção destas medidas e ações.

Os estudos hidrológicos compõem um dos campos de trabalho da NEO GREEN, que visam à proteção e o monitoramento de corpos hídricos.

O estudo de autodepuração de um corpo d’água avalia a dispersão e a autodepuração de poluentes em um determinado corpo receptor, por meio de modelagens numéricas. As metodologias e modelagens variam conforme as condições ambientais do corpo hídrico.

O objetivo é avaliar a recuperação do curso de água e propor alternativas necessárias para que o efluente possa ser lançado em conformidade com a legislação vigente.

Em 2016 a NEO GREEN realizou um Estudo de Caracterização de Qualidade de Água e Capacidade de Autodepuração do Rio Acaraí presente no município de São Francisco do Sul, no qual receberá o efluente tratado da Estação de Tratamento de Esgoto da Empresa Águas de São Francisco que atenderá os Balneários de Enseada, Ubatuba, Praia Grande e Forte em São Francisco do Sul, SC.

A NEO GREEN possui equipe técnica e parceiros especializados para realização de Estudos de Autodepuração de corpos d’água, com foco nos corpos hídricos receptores de efluentes diversos.